Acompanhe nossas redes

face logo.fw  twitter logo  insta logo

Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background

O programa de formação cultural Arte para Todos, mantido pelo IMPAR – Instituto de Pesquisa da Arte pelo Movimento, inicia o seu quinto ano de atividades com muitas novidades e desafios.  A principal delas é ampliação da abrangência do público alvo. Neste ano, além de pessoas com deficiência intelectual atendidas pelo NAIPE – Núcleo de Assistência Integral ao Paciente Especial, o programa vai oferecer atividades também para crianças, jovens e adultos com transtornos leves ou limitações (aparentes ou não), que tenham ou não alguma deficiência física, auditiva ou visual associada. Com isso, as vagas nas oficinas de dança e teatro serão destinadas a pacientes e alunos atendidos também por outras instituições, clínicas e escolas de Joinville e região.

As inscrições para as oficinas iniciam dia 10 de fevereiro e as aulas começam em março, com os professores Robson Benta (teatro), Nathielle Wougles (teatro) e Maria Fortuna (dança).

E como forma de viabilizar a participação de alunos de famílias de baixa renda, o IMPAR está buscando parcerias com empresas, instituições ou pessoas físicas que podem adotar/patrocinar bolsas de estudo para estes alunos. Até o momento, três patrocinadores já estão confirmados: Azzo Hidráulicos do Brasil, Divina Botella Importadora de Vinhos e ONG Moradia e Cidadania.

Mais informações pelo email O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou pelos telefones 3028-7311/9119-2442 (celular com WhatsApp)

O Museu de Arte de Joinville (MAJ) inicia a programação de 2016, ano em que completa 40 anos, com a abertura da exposição ‘Vai e Vem’, na próxima terça-feira (2), a partir das 19 horas. 

A exposição faz parte de um projeto que propõe o diálogo entre as produções dos artistas joinvilenses Nilton Tirotti e Jefferson Kielwagen e dos canadenses Duncan MacDonald e Enhryn Torrel. 

A partir das linguagens da pintura/colagem, fotografia, instalação, site specific e vídeo instalação, o projeto propõe fomentar o diálogo e reflexão sobre arte contemporânea, contribuindo para o intercâmbio de pensamento artístico e cultural. 

A autoria do projeto é de Nadja de Carvalho Lamas, mestre e doutora em Artes Visuais, pesquisadora e professora na Universidade da Região de Joinville (Univille), que já realizou diversas curadorias além de ter publicações na área e é também a curadora da exposição. 

Os artistas convidados possuem percursos artísticos de longa data, com participações em exposições coletivas e individuais, além de experiências em curadorias e ensino de arte. Transitam no pensar sobre a arte em uma perspectiva contemporânea, utilizando diversos meios, materiais e experiências.

A partir da mediação da curadoria, o projeto visa a provocar e incentivar as trocas conceituais decorrentes de discussões e reflexões que aconteceram inicialmente on line, mas que reverberarão ao serem colocadas lado a lado das obras, no espaço expositivo, instigando assim uma singular experiência estética ao público, em Joinville e em St. Catharines.

Na abertura da exposição, os artistas e a curadora estarão presentes e realizarão uma palestra com o objetivo de promover uma interação com o público e os artistas locais para ampliar o conhecimento sobre suas poéticas e os processos criativos em arte.

A exposição no Museu de Arte de Joinville vai ocorrer simultaneamente na Casa Sede e no Espaço Anexo 1 – Cidadela Cultural Antarctica.

A mostra permanecerá aberta até o dia 28 de fevereiro de 2016 (domingo). Essas exposições decorrem da parceria entre a Brock University, em St. Catharines, Canadá, e a Universidade da Região de Joinville – Univille, com apoio do Instituto Schwanke e do Canada Council for the Arts.

Após a realização da exposição em Joinville, a mostra também será realizada na Arts Gallery em St. Catherines, Ontário, Canadá; no mês de abril.

SERVIÇO

O quê: Exposição 'Vai e Vem'

Quando: abertura na terça-feira (2), às 19 horas. A mostra segue até 28 de fevereiro de 2016, de terça a domingo, das 10 às 16 horas. 

Onde: Museu de Arte de Joinville - Casa Sede - Rua XV de novembro, 1.400 
- Espaço Anexo 1 Cidadela Cultural – Rua XV de novembro, 1.383 

Visitas monitoradas para grupos devem ser agendadas pelos fones: (47) 3433-4677/3433-4754.

Entrada Gratuita

O power trio aterriza no pub trazendo um repertorio com grandes nomes como Nivana, Pearl Jam, Silverchair, 30 Seconds to mars, Foo Fighters além de musicas autorais do seu primeiro EP The Flood lançado em 2015. 



Noite de gala pra quem gosta de boa musica! Imperdivel!! 

Discotecagem: Dj Sergio Paralelo 


Reservas: 3455-1999.

* Se for dirigir não beba

Dia 30/01 é noite de música boa com as bandas The Red Phone Pills e Etc Tal, no repertorio grandes classicos como: Rolling StoneRamonesLed Zeppelin OfficialLegião UrbanaCreedence Clearwater RevivalPlebe Rude e muito mais!!

‪#‎Discotecagem‬: Dj Sergio Paralelo

Reservas: 3455-1999.

Desde o mês de março de 2015 o Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos pela Diversidade, atual campeã do Carnaval de Joinville, prepara seu desfile para o Carnaval deste ano. O samba-enredo foi escolhido, a letra foi composta, gravada, croquis foram montados. Houve até lançamento oficial e eventos para divulgar nosso enredo. Todos os voluntários, que sempre deram o melhor para a Diversidade brilhar, estavam a postos para produzirmos nossas fantasias e alegorias. Vale destacar que no ano passado, devido à chuva, todo o material de penas, plumas e paetês foi perdido.

11053907_1669619409925809_5937993104787586079_n

Mas o atraso, seguido de cancelamento dos recursos públicos que seriam repassados pela prefeitura à Lecaj (Liga das entidades Carnavalescas de Joinville), associados com as mudanças propostas na estrutura do desfile de 6 de fevereiro de 2016 fizeram com que a maior escola da cidade mudasse seus planos.

A Diversidade entende a atual crise financeira que o país atravessa e decidiu, em assembleia, que o melhor a fazer neste momento é não participar do desfile do Carnaval de Joinville 2016. Vamos guardar forças para pensar e planejar um novo modelo de Carnaval, sustentável, com novas formas de captação de recursos, buscando apoiadores e patrocinadores interessados e responsáveis, e mais do que isso, preocupados com a importância da propagação da cultura popular, para juntos fazer um grande Carnaval em 2017.

Pedimos a compreensão dos amigos e dos nossos 500 integrantes que esperavam e já se programavam para desfilar e assistir a Diversidade na avenida. Aguardem que já estamos trabalhando para que essas mudanças se tornem realidade em nossa cidade.

Diversidade e amor, Diversidade é paixão!

«IniciarAnt12345678910PróxFim»
Pagina 4 de 37
For a professional business hosting we highly recommend hostgator review or cloud hosting
logo radio danca ORIGINAL PRETO.fwCopyright © 2015| Rádio Dança
Produzido por: Tiago Borba - Desenvolvimento Web Sites